terça-feira, 24 de maio de 2011

Achei um gato na rua...

E AGORA?

Agora resgate o animal, preste socorro, faça alguma coisa! Você não precisa ter superpoderes para ajudar, só precisa querer e se mexer para que as coisas aconteçam.
Já tem animais e não pode/quer adotar mais um? Resgate e doe! É o que dezenas de meros mortais por aí fazem. Só sentir pena não adianta. Jogar o animal na casa daquela vizinha que gosta de gatos, na pracinha junto com outros bichanos abandonados, num abrigo superlotado ou mandar email para quem já faz muito mais do que pode, NÃO É AJUDAR. Faça a sua parte.

A ilusão do abrigo
Mitos e verdades que você precisa saber antes de pedir “ajuda” a um protetor

COMO AJUDAR DE VERDADE

Resgatar
Gatos mansos e filhotes são fáceis de capturar. Os mais medrosos podem ser atraídos para dentro da caixa de transporte com um pouco de comida (atum, whiskas sachê, etc). Em casos mais complicados, vale seguir as dicas abaixo:
Resgatando ferais
Instruções para capturar e esterilizar uma colónia de gatos

Isolar
basta um banheiro (ou uma área de serviço, um quarto de empregada, um escritório). Se tiver uma situação financeira mais folgada, hospede o animal numa clínica veterinária ou hotel para pets.
Caixa de areia, pá, potes de água e comida, caminhas...nada deve ser compartilhado com os outros animais da casa. E lavar as mãos após mexer no hóspede, claro.

Levar ao veterinário
levar o animal para uma consulta o mais rápido possível é o ideal, de preferência no dia do resgate, mesmo que ele pareça saudável para seus olhos de leigo. E mesmo após a consulta é importante manter o isolamento, pois alguns sintomas de doenças podem demorar alguns dias para aparecer.

      Se a grana estiver curta...

  • procure hospitais veterinários de universidades (como o da UFF, em Niterói/RJ, por exemplo). Lá você encontra especialistas em diversas áreas - como oftalmologistas, ortopedistas, dermatologistas e até especialistas em felinos - com consulta bem mais em conta.
  • castração, consultas e cirurgias a baixo custo no Rio: Instituto Jorge Vaitsman (o único lugar no Rio que oferece castração precoce e gratuita), SUIPA, SOZED.
  • organize rifas, venda objetos, se vire!
*** os cuidados citados acima não são para deixar ninguém em pânico. Nem todos os animais de rua chegam doentes, geralmente apenas precisando de comida, antipulgas e vermífugo, ou seja, o básico, mas não custa nada ser cuidadoso. Com o manejo correto é possível resgatar e hospedar animais sem colocar em risco a saúde dos nossos peludos de estimação ou a nossa, já que algumas doenças podem ser zoonoses.

Castrar antes de doar
Será que o adotante vai mesmo castrar? Você quer ser responsável pelo nascimento (e posterior abandono) de mais animais?
Castrar é pilar fundamental da posse responsável
Não há lares para todos
Importância da castração
Castração gratuita: Programa Bicho Rio (RJ)

Doar de forma responsável
Não faz sentido tirar um animal da rua apenas para jogá-lo nas mãos do primeiro irresponsável que aparecer. Lembre-se de que o destino do animal resgatado está em suas mãos! Para doar com segurança e responsabilidade, leia os textos abaixo:
Orientações para quem quer doar
Dicas para doar com segurança
Critérios de adoção da ONG Adote um Gatinho

Modelos de questionário de adoção
Para quem usa a internet como meio de divulgação, um questionário para selecionar adotantes é essencial. Alguns modelos:
modelo 1
modelo 2
modelo 3
modelo 4 - em inglês e, na minha opinião, o mais completo de todos.


Modelo de termo de responsabilidade
modelo 1
modelo 2

Onde divulgar
Gatinhos de toda parte
Adoção Animal
Amigo não se compra
* Redes sociais são ótimos lugares para divulgar animais para doação!

DESCULPAS ESFARRAPADAS (top 3)

Não tenho dinheiro
Se você quase não consegue atravessar o mês com o que ganha, eu acredito. Caso contrário, é apenas uma questão de prioridade. O animal abandonado/machucado que cruzou o seu caminho pesa menos na sua "balança desregulada" do que o cigarro, a birita do fim de semana, o cineminha, o vestido/bolsa/sapato de grife, a escova "difinitiva" no salão...

Não tenho espaço para isolar
Se sua "casa" não for uma cela num presídio, uma caixa de papelão num beco ou uma barraca de camping, você tem lugar para isolar o animal, SIM. Já vi apartamentos minúsculos, mas nunca um sem banheiro... o_O

Não tenho estrutura emocional
Não tem "estrutura emocinal" para acolher um animal que precisa de ajuda imediata, mas tem para virar as costas, colocar a cabeça no travesseiro e dormir em paz? Hum...

LINKS INTERESSANTES E ÚTEIS

O que é lar temporário?

Substituto do leite materno para filhotes de cães e gatos
Encontrei um gatinho...o que fazer?
Resgatei, o que faço agora?
Encontrei um animal abandonado...e agora?
"Encontrei um animal abandonado E AGORA?" - Cartaz (para imprimir)

.................................................................................
Gostou do texto e/ou das imagens, resolveu copiar e postar em outro lugar? Seja civilizado e cite a fonte. Não deixe de ler: Lincença de uso 

8 comentários:

Calíope Corrêa disse...

Muito bom o artigo! ^^

Me Adota? disse...

:)

Supernany RJ disse...

Oi gente, muito legal o blog de vocês. Deixaram na porta de minha casa três filhotes (40 dias, acho eu)de gatos e não sei o que fazer. Tentarei ficar com um deles, digo tentarei, porque tenho um cão da raça akita e preciso ver se eles se darão bem. Não fico muito em casa e os três estão presos num quarto. Posso tentar dar conta de um, pois não tenho a mínima ideia de como criar gatos. Comprei uma ração para filhotes, bati um pouco no liquidificar e adicionei um pouco de água para amolecer na hora de dar. Eles estão comendo. Não sei nada em relação à castração, medicação, banho etc. Preciso de ajuda. obrigada.

Me Adota? disse...

Bom, se vc quiser DICAS para cuidar de gatos, pode pesquisar no blog ou me enviar email: adote1miau@gmail.com

Daiana Lima disse...

Bom dia! Gostei muito do blog! Mas gostaria de saber se existe algum abrigo para entregar gatinhos, pois minha sogra tem 6 gatos e por motivo de saúde e até mesmo ela é idosa só podemos cuidar de 2 gatinhos sendo um grande e outro filhote, já os outros 4 não temos condições mais principalmente que são da minha sogra eles são até bem cuidados comem rações, são limpinhos, fazem suas necessidades no banheiro no jornal e são acostumados a ficarem dentro de casa. Infelizmente não temos condições e não sei bem o que fazer quero fazer algo certo, porque não acho certo abandonar- los sendo eles bem cuidados, se puder me ajudar agradeço são 4 gatos sendo a mãe que é uma cianeza e os gatos mestiços.

Me Adota? disse...

Pra mim só existem 2 motivos cabíveis para alguém doar os animais que DECIDIU criar: doença terminal ou perder tudo e ir morar na rua, o resto é desculpa esfarrapada, mas nem vou me alongar aqui.

Não existem abrigos com espaço sobrando. Existem lugares como a SUIPA, que são verdadeiros "campos de concentração" (jogar um gato num lugar desses é assinar sua sentença de morte, na minha opinião).
ONGs e protetores independentes estão lotados e cheios de contas para pagar. Aliás, acho até engraçado alguém deixar esse tipo de comentário ("gostaria de saber se existe algum abrigo para entregar gatinhos") justamente NESTA POSTAGEM. Parece até provocação, já que o texto contém toneladas de críticas aos folgados que não querem ter trabalho algum, apenas repassar a PRÓPRIA RESPONSABILIDADE.

Leia o texto com vontade, nele vc encontrará todas as dicas que precisa para doar esses POBRES gatos de forma responsável.

"porque não acho certo abandonar- los"

ABANDONAR ANIMAIS É CRIME!

Aff!!!

Marcus disse...

Também estou passando por isso. Encontrei quatro filhotinhos de gato, alguém os colocou próximo a uma casa. Pior que já tenho três gatos grandes e moro em uma vila. Trabalho e estudo. Criar esses três (eram quatro, mas perdi um por chumbinho) já é uma baita responsabilidade, imagine mais quatro. Ficaria com sete gatos ao todo, imagine só.

Me Adota? disse...

Ninguém "precisa" ficar com os gatos que resgata, basta divulgá-los e escolher os adotantes com cuidado. A sensação de salvar um animal e encontrar um lar responsável para ele é muito boa. ;)